Três brasileiros concorrem ao prêmio de melhor jogador do mundo em 2016 | Esporte levado a sério!
quarta-feira, dezembro 13, 2017
Fique ligado!
Três brasileiros concorrem ao prêmio de melhor jogador do mundo em 2016

Três brasileiros concorrem ao prêmio de melhor jogador do mundo em 2016

O Brasil tem três jogadores indicados ao prêmio Agla Futsal Awards 2016, categoria melhor jogador do mundo. O pivô Deives, o ala Marcêncio e o fixo Rodrigo disputam o troféu com outros sete atletas, três deles argentinos. A premiação é realizada pelo site Futsal Planet, que elege os melhores em várias categorias com base nos votos de técnicos e jornalistas do mundo todo. Falcão é o maior vencedor com quatro troféus.

Melhor do mundo nos últimos dois anos, o português Ricardinho concorre ao tri. A seleção de Portugal ficou em quarto lugar no Mundial do ano passado, disputado na Colômbia. A campeã Argentina tem como indicados os jogadores Leandro Cuzzolino, Pablo Taborda e Alamiro Vaporaki. Vencedor da Bola de Ouro Fifa 2016, o capitão argentino Fernando Wilhelm não foi indicado ao Agla Futsal Awards.

O Brasil também teve quatro indicados na categoria melhor jogador jovem. Um deles é o ala Leandro Lino, que disputa a Copa América com a seleção brasileira. Os outros são o goleiro Carlos Espíndola, Matteus Reinald, que atua no futsal espanhol, e Jean Jacaré, destaque da equipe sub20 do Benfica, de Portugal.

Confira os finalistas do prêmio de melhor jogador do mundo de 2016:

Leandro Cuzzolino (Argentina)

Deives (Brasil)

Ahmad Esmaeilpour (Irã)

Lyskov Dmitry (Rússia)

Marcênio (Brasil)

Miguelín (Espanha)

Ricardinho (Portugal)

Rodrigo (Brasil)

Pablo Taborda (Argentina)

Alamiro Vaporaki (Argentina)

Por Dyego Costa com http://gazetaweb.globo.com

Sobre Diego Reporter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>